Central do Cliente

Como anunciar no Rádio e obter o melhor retorno

Em 30 ou 60 segundos, um bom anúncio de rádio capta a atenção, envolve o ouvinte, é credível, cria imagens mentais, conta uma história, apela à ação por parte do ouvinte e consegue manter o produto no centro do palco e o cliente/anunciante no centro das atenções – tudo sem parecer insistente, espalhafatoso, detestável ou maçante

Se for realmente bem feito, um anúncio de rádio é uma conversa de um-para-um com um único potencial cliente como alvo, redigido e produzido de forma que ele diga: “Psiiiu… silêncio! Deixem-me ouvir, isto aqui é para mim!”.

 

Escrever para ser ouvido no anúncio de Rádio

Os grandes redatores nos aconselham a escrever em voz alta na hora de criar um texto para anunciar no rádio e ainda:

  • Utilizar uma linguagem direta que reflita por escrito exatamente a forma como as pessoas falam;
  • Escrever no ritmo que as pessoas falam e não no ritmo que lêem. Inclua pausas. As pessoas necessitam de pensar e o locutor necessita de tempo para respirar;
  • Riscar as palavras em excesso. Se estivesse a contar algo empolgante a um amigo, não utilizaria termos tais como “de fato“, “portanto“, “por conseguinte“, “para além disso” ou “por consequência“; sendo assim, também não o deve fazer no texto do seu anúncio em rádio;
  • Reescrever as frases demasiadamente elaboradas. Não espere que os leitores percebam frases unidas com termos rebuscados como “aquele que“, “o qual“, “cujo” “considerando que” e coisas deste tipo;
  • Explicar aos ouvintes como devem agir enquanto ouvirem o anúncio. Prepare-os para tomarem nota do seu telefone (exemplo: “Pegue um papel e uma caneta ou lápis e anote o nosso telefone!”) ou, pelo menos, repita o seu número de telefone para que o ouvinte possa anotá-lo ou até tentar decorá-lo para ligar imediatamente ou anotá-lo o quanto antes;
  • Mais importante ainda é ajudá-los a lembrarem-se do nome da sua empresa para que possam procurar o seu número de telefone na lista telefônica ou na Internet.

O que se deve e o que não se deve fazer no anúncio de rádio

Utilize a lista de verificação seguinte, com ideias que pode aproveitar e armadilhas a evitar:

  • Aborde apenas um único tema em cada anúncio de rádio;
  • Faça uma oferta simples que apele para uma ação imediata (exemplo: “Os 10 primeiros que ligarem ganham 5% de desconto”, etc.);
  • Crie oportunidades reais de venda, fazendo ofertas isentas de risco, como por exemplo, orçamentos e catálogos gratuitos ou informação gratuita (exemplo: ”Faça seu orçamento conosco sem compromisso!“);
  • Limite o anúncio a uma duração de 30 a 60 segundos ou aproximadamente 70 palavras;
  • Utilize a rádio como complemento da publicidade em outros meios de comunicação (exemplo: “Procure o nosso cupom de desconto no jornal ‘Folha da Cidade’ desta sexta- feira“);
  • Pronuncie o nome da sua empresa três vezes;
  • Faça coincidir o seu anúncio com o principal público-alvo das emissoras onde for anunciar, ou seja, por exemplo, se colocar o anúncio numa rádio voltada para pessoas mais idosas, não deverá optar por um fundo musical com Funk Carioca, Funk Ostentação ou mesmo Rap;
  • Não espere que apenas o anúncio faça a venda, utilize-o apenas para estabelecer contato com seu potencial cliente e logo a venda será uma consequência dos bons produtos e serviços que sua empresa oferecer;
  • Não confunda o seu potencial cliente fornecendo um texto com informações pouco claras ou imprecisas ;
  • Não utilize jingles com letras incompreensíveis;
  • Não utilize humor sem graça…

E agora aquela última dica:

Evite expressões como: “Estamos neste ramo há 25 anos“, “Estamos muito entusiasmados com os nossos produtos novos“, “Estamos abertos até às 22h” ou similares.    Em vez disso, se pretende realmente captar a atenção do ouvinte – o seu objetivo é esse mesmo, não é?! – expresse em cada uma das frases, na medida do possível, algum benefício para o seu consumidor.

Feliz anúncio no rádio pra você e boas vendas para a sua empresa!

Tagged , ,